Justiça em Números: Índice de Atendimento à Demanda no TJSP é superior à média brasileira

O Conselho Nacional de Justiça divulgou, na segunda-feira, 4, o relatório “Justiça em Números” e o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) apresentou Índice de Atendimento à Demanda (IAD) de 109,8%. O número é superior à média dos tribunais estaduais brasileiros (104,5%). O IAD reflete a capacidade das cortes em dar vazão ao volume de casos ingressados.

A produtividade de servidores do Judiciário Estadual paulista também é positiva. Foram 158 processos por pessoa, sendo que a média dos tribunais estaduais é de 147.

“Os números mostram que os servidores paulistas têm colaborado muito para melhorar nosso sistema judiciário e precisam da valorização merecida”, destaca o presidente da Apatej, Mario José Mariano, o Marinho.

Destaque

Em 2016 (ano-base do relatório Justiça em Números lançado hoje), o TJSP passou a receber 100% dos casos novos em formato eletrônico e, neste item, lidera o ranking entre os tribunais de grande porte.

Outro item liderado pelo Tribunal paulista é o número de Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs) instalados no Estado. Na data de conclusão do relatório eram 191, e hoje, já existem mais de 200. A conciliação é uma politica adotada pelo CNJ desde 2006 e os Cejuscs foram criados pela Resolução 125/10.

Relatório

O “Justiça em Números” reúne dados de 90 tribunais – 27 do Judiciário Estadual, além dos superiores e da Justiça especializada. O trabalho é realizado desde 2004. A 13ª edição, lançada hoje, aponta que o Poder Judiciário finalizou o ano de 2016 com 79,7 milhões de processos em tramitação. Desse total, 20,2 milhões estão na Justiça Estadual paulista, o que representa 25% dos processos do Brasil.

Veja a íntegra do relatório.

Com assessoria TJSP