Delegado de Porto Alegre visita Apatej e reencontra antigos companheiros de luta

24/05/2022

José Carlos, Ednaldo e Marinho receberam o delegado Dr. Luis Antonio Reis Firmino

Na tarde desta segunda-feira, 23, a Apatej teve a honra de receber a ilustre visita do Dr. Luis Antonio Reis Firmino, da 3ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP), de Porto Alegre (RS).

Dr. Luis tem uma atuação muito relevante na luta pelos interesses dos servidores do judiciário e conhece o assunto como poucos, pois já exerceu a função de escrevente técnico judiciário no Cartório do Júri e Execuções Criminais da Comarca de Osasco.

Além disso, ele participou ativamente da construção institucional da Associação dos Funcionários e Servidores Judiciais de Osasco e Região a AFSJOR , que depois viria a se tornar Apatej.

Para o secretário-geral da Apatej, Mário Jose Mariano, o Marinho, é uma imensa alegria reencontrar o amigo, pois trabalharam juntos no mesmo Cartório no Fórum de Osasco.

“A última vez que tive o privilégio de vê-lo pessoalmente foi em maio de 2012. Agora, após 10 anos, o encontro novamente. Fiquei muito honrado com essa visita”, destacou Marinho.

Já o presidente da Apatej, Ednaldo Batista, que também já conhecia pessoalmente o Dr. Luis, esse encontro possibilitou o debate sobre demandas do cotidiano do judiciário e da Polícia Judiciária e permitiu falar sobre as peculiaridades e desafios de cada realidade social, política e econômica, tanto de São Paulo quanto do Rio Grande do Sul.

Outro diretor da Apatej presente ao encontro, o conselheiro fiscal Jose Carlos Bergamin, destacou que este foi um momento oportuno de concluir que infelizmente o funcionalismo público de São Paulo e Rio Grande do Sul são desvalorizados frente aos governos estaduais.

Bergamin destaca que isso acontece porque os chefes dos Executivos estaduais são do mesmo partido político, o PSDB, cuja filosofia é um estado mínimo, onde o servidor público não é prioridade de gestão.