TJ-SP aposta em reestruturação administrativa e na unificação de cartórios

10/11/2022

 

Do Conjur

A direção do tribunal, encabeçada pelo desembargador Ricardo Anafe, assumiu o comando do tribunal em janeiro de 2022 em uma situação mais favorável em relação à covid-19, com a retomada gradual do trabalho presencial. Para tanto, implementou, em março, a Resolução 850/2022, que regulamenta o teletrabalho no Judiciário paulista.

No primeiro semestre da gestão, o presidente promoveu uma grande reestruturação administrativa e extinguiu 141 cargos ociosos, realocando os servidores em outras funções. Também extinguiu contratos de locação de imóveis e transferiu serviços para prédios próprios do tribunal que não vinham sendo aproveitados.

Ainda com o objetivo de otimizar o trabalho, foi implantada a jornada única de trabalho, das 9h às 17h. Para Anafe, o novo horário traz mais qualidade de vida aos servidores e magistrados. De acordo com o tribunal, a medida trouxe economia mensal de R$ 2,4 milhões, quase R$ 29 milhões por ano.

Entre as bandeiras do Conselho Superior da Magistratura, está a implantação de um quinto assistente jurídico nos gabinetes de desembargadores e juízes substitutos em segundo grau. O projeto, enviado pelo tribunal, tramita na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Também está na pauta a nomeação de mil servidores aprovados no último concurso de 2021, especialmente na 1ª e na 4ª RAJs, que atendem, respectivamente, a Grande São Paulo e a região de Campinas.

Desde o fim de 2019, o tribunal não consegue repor funcionários na mesma proporção em que perde. A nomeação de novos servidores vai permitir mais investimentos em UPJs, as Unidades de Processamento Judicial, conhecidas como “cartórios do futuro”, criadas em 2015.

Na gestão anterior, do desembargador Pinheiro Franco, houve a avaliação dos resultados das unidades já instaladas e foi constatado aumento da produtividade, reequilíbrio da força de trabalho nos cartórios judiciais, aprimoramento dos fluxos das atividades cartorárias e diminuição do acervo de processos em andamento.

Clique aqui e leia a matéria na íntegra